Surrealidades Fotográficas

Uma casa para a verborreia fotográfica que me sai do computador... Porque não há brinquedo melhor que uma câmara digital!

Sunday, January 27, 2008

the end

Foi uma vida curta, mas apesar disso produtiva!

Ficam as imagens, memórias de si próprias...

Quanto a mim... ADEUS!

Friday, December 7, 2007

Sunday, October 28, 2007

Lisboa

A eterna noiva do tejo, sempre bela no entardecer....

Tuesday, October 23, 2007

Vida

Ferreira do Alentejo

Monday, October 15, 2007

tarde

como uma aurora invertida, nuvens leves carregadas de desejos desfeitos

Tuesday, September 25, 2007

Olhos de gato

...que encerram em si toda a doçura e inocência selvagem do mundo...
Teremos já sido assim um dia?

Friday, September 14, 2007

Dimensão intermédia

Onde tudo é negativo, porque o positivo voga por entre as páginas do tempo comum. Era uma vez um lugar em tudo semelhante ao nosso mundo, mas em que tudo estava invertido. Não vos parece o paraíso?

Corredor de Vasari, Uffizzi, Florença

Thursday, August 30, 2007

Consciência... ou dever?

It's a dirty job, but someone's got to do it. Só desejava que não tivesse de ser eu...
Parma, Piazza Garibaldi (podem ver o dito ali ao fundo...)

Tuesday, August 28, 2007

Metropólis vosteliana

Num futuro pós-apocalíptico, só os descrentes persistem. Pode uma coisa em que não acreditas afectar-te?

Celeste e Gabriela em Cáceres, museu Vostel

Thursday, August 23, 2007

Libelinha

Brilhante, bela e fatal - a Libelinha porta consigo os nossos sonhos de água...

Monday, August 6, 2007

Luna I

Deusa dos mares, rainha das paixões, matrona do amor, leva-me contigo para um paraíso de infinita ternura...

Wednesday, August 1, 2007

Luz II

Como um pequeno sol que nos queima o olhar, a luz abre o seu caminho no infinito da noite

Thursday, July 26, 2007

LUZ

Um poço de luz na escuridão, para acalmar o medo dos demónios interiores que nos assombram na treva...

Castelo de Palmela

Wednesday, July 18, 2007

A espera

No cimo da sua torre, o monstro ESPERA
Florença

Thursday, July 5, 2007

Paisagem

A memória eclipsa-se no suave balançar das ondas, no oceano vasto do eterno olvido
Vista da Arrábida

Wednesday, July 4, 2007

Aracnophobia

O pesadelo do ser humano não é nada comparado com o pavor da aranha

Sunday, July 1, 2007

O Fantasma II

Perdida na treva dos tempos a identidade dilui-se em finos fios de ouro escarlate vibrando na brisa. Ecos de morte e saudade, suprema infinitude de NADA ser - excepto um fio de ouro escarlate vibrando na brisa...

Thursday, June 21, 2007

Reflexos

O reflexo torna-se o reflexo do reflexo de nós - o eu exterior e superficial que nos atrofia a alma...



Maria e Roma reflectidas no espelho da nave da igreja do Gesù, Roma.

Friday, June 15, 2007

Em viagem...

Jornada diária, em direcção à vida, em direcção ao quotidiano, em direcção à experiência...

Cruzamento de dois comboios Fertagus

Sunday, June 10, 2007

Judas...

... O enforcado, preso nas teias da culpa, o ser incompreendido balança na brisa, envolto no cheiro da decomposição, carne morta, alma condenada...


"Queima do Judas", Palmela

visitantes surrealifotografizados